Tudo sobre Pré-incubação!

A atividade oferecida para os nossos Cocreators essa semana foi uma palestra, proporcionada por Maria Carolina Zanini, integrante do grupo VIA Estação Conhecimento, sobre o conceito e as etapas de um Programa de Pré-Incubação, conteúdo voltado principalmente para o processo a ser desenvolvido no Cocreation Lab.

O Processo de Pré-Incubação consiste em desenvolver a pessoa (perfil empreendedor) e a validação da sua ideia (potencial negócio), através de serviços, ferramentas e apoio institucional verificando assim a viabilidade mercadológica do futuro negócio.

Alinhado a esse conceito, o processo de pré-incubação do Cocreation Lab vai ser dividido em 3 fases com alcance à diversas vantangens, como:

1. Utilização da infraestrutura do Cocreation Lab;

2. Acesso à networking;

3. Credibilidade por estar inserido na pré-incubadora;

4. Compartilhamento de um ambiente altamente empreendedor;

5. Orientações empresariais;

6. Compartilhamento de riscos;

7. Fluxo de conhecimento;

8. Oportunidade de pivotar – validação da sua ideia.

Dito isso, foi alinhado às equipes o novo sistema de Gameficação que vai ser aplicado no laboratório, onde os grupos vão ter a oportunidade de ganhar prêmios como recompensa pelo cumprimento de certas atividades, ademais, foi abordado o tema empreendedorismo, como, quais são os determinados perfis que um empreendedor pode atribuir, o ambiente empreendedor e a promoção da cultura empreendedora.

Depois, a mais nova Coordenadora do Centro Sapiens, Prof. Clarissa Stefani Teixeira finalizou a noite com um debate sobre o conceito de Inovação!

Rodrigo Stüpp, da equipe Ecoexperiências, deu seu depoimento sobre o evento: “Consegui ter um melhor contexto de inovação, apesar de já ter alguma noção sobre o assunto e sua importância em Florianópolis e na economia criativa. No caso do meu projeto, em parceria com a Ecoexperiências, ficou mais evidente que não precisamos criar algo novo, mas, sim aperfeiçoar algo que existe com abordagem e foco bem definidos. O ambiente de cocriação, sem dúvidas, é fundamental para que isso aconteça. As palestras ajudaram a esclarecer também nossos papéis de cocreators, que ainda estão se definindo e se redesenhando”.